02 maio 2011

Sopas e sopinhas

Como qualquer mamã eu tento que a sopita da piolha seja ultra rica em nutrientes e tento variar o mais que possa para que ao factor "saúde" possa juntar o factor "prazer". Assim sendo, para que a sopa não seja apenas uma miscelânea de legumes e cereais sempre com o mesmo sabor, tento variar e se ontem a sopa foi de espinafres com grão, hoje será um creme de endívias, e por aí fora.
Outro aspecto que também vou variando e ao qual dou bastante importância são aos cereais que lhe ponho e para além do tradicional arroz ou massinha (menos vezes) vou alternando com estes meninos: o Trigo em grão, a Cevadinha e a minha adorada Quinoa.
As sopas ficam óptimas a a saúde dos nossos piolhos agradece ;)

Quinoa ou Quinua

"Características Nutricionais

A quinua real, variedade mais rica da quinua, é rica em proteínas (23% de sua composição). Possui todos os vinte aminoácidos que o corpo necessita, inclusive os dez essenciais (que não são produzidos por nosso organismo). Entre estes, destacam-se a metionina e a lisina, que melhora a imunidade, a capacidade de aprendizagem e a memória. Nenhum alimento de origem vegetal tem tanta proteína.
Ainda levando-se em conta apenas o valor protéico, a quinua mostra-se mais vantajosa do que outros alimentos tidos como fonte de proteína. Segundo pesquisas recentes, é mais favorável ao crescimento humano do que o leite, por exemplo. O valor protéico mais alto (95) corresponde ao do ovo, o que significa que a cada 100g de proteínas ingeridas, 95 são assimiladas. Na quinua, o índice é de 75; a carne tem 60; o leite, 72; o trigo, 60, e o milho, 44.

A quinua real ainda é rica em ômega 3 e 6, vitaminas A, B6 e B1 (e, em menores quantidades, as E e C) e minerais como o ferro, o fósforo e o cálcio. É considerada melhor do que a soja por seu equilíbrio nutricional. Tem baixo índice de colesterol e o seu valor calórico é alto: 347kcal para cada 100g, o que a faz ser indicada para atletas.

Para completar, apesar do alto valor protéico, não possui glúten, alimento presente no trigo, malte, cevada e aveia, que não pode ser consumido por celíacos. "Não só para o celíaco isso é um alívio. O glúten tem difícil digestão. Hoje, a gente consome muito glúten e o organismo está saturado. É bom dar um descanso. Tirar o glúten por um mês permite uma desintoxicação que limpa e aumenta a eficácia do organismo", aconselha a médica ortomolecular Gabriela Marques.


Benefícios

Por suas características, a quinua é indicada no combate à anemia, problemas urinários e de fígado, tuberculose, desnutrição crônica e osteoporose, entre outros. Atua na redução de danos gastrointestinais, na melhora da imunidade, na regulação das funções cardiovasculares e como normalizador da próstata e órgãos reprodutores masculinos. Seu consumo é indicado para vegetarianos, diabéticos, grávidas e lactantes.
Por ter muito mais lisina que a soja, o milho, o trigo e o leite, é indicada a crianças e adolescentes em fase de crescimento. Este aminoácido fundamental está relacionado ao desenvolvimento da inteligência, rapidez de reflexos e outras funções como a memória e aprendizagem.

É também ideal para o consumo de mulheres, por conter fitoestrógenos, substâncias que previnem enfermidades crônicas como osteoporose, câncer de mama, doenças do coração e outras alterações femininas ocasionadas pela falta de estrógenos durante a menopausa.

O cereal é ainda uma alternativa para a dieta dos celíacos (pessoas que têm intolerância a glúten) e indicada a atletas, pois aumentam a elasticidade das fibras musculares e tem alto valor calórico."

fonte: http://www.homeopathicum.com/novo/noticias_ler.asp?id=1166

Cevadinha

Cevada em grão (cevadinha) - Cereal leve e refrescante, pode ser consumido em forma de pão. Os grãos cozidos (puros ou em sopas), auxiliam no tratamento de inflamações do aparelho digestivo e geniturinário, evita os desarranjos intestinais, restaura o equilíbrio nervoso favorece o rejuvenescimento dos tecidos. Rico em cálcio, potássio, fósforo, silício, vitamina B e caroteno.


TRIGO

"Pão, massa, roscas, biscoitos, bolos e queques apenas começam a descrever a lista de alimentos feitos com este grão. O trigo é geralmente classificado como sendo trigo de primavera ou de inverno. Dentro destes dois grupos, o trigo pode ainda ser definido como duro ou macio, dependendo da textura do grão. As cores dos grãos de trigo são brancas ou vermelhas, com reflexos de âmbar.
O trigo, no seu estado não refinado, apresenta um conjunto de nutrientes importantes. Assim, para receber o benefício da totalidade do trigo é preciso distinguir quais os alimentos feitos de farinha de trigo integral daqueles que são refinados e despidos do seu valor natural. O nome científico do trigo, do qual  todas as espécies de trigo derivam é triticum.

183 grs / 152.12 Calorias
NUTRIENTES
qUANT.
DDR (%)
dENSIDADE DO NUTRIENTE
CLASS.
manganÉsio
1.11 mg
55.5
6.6
muito bom
fibras
8.19 g
32.8
3.9
muito bom
triptofanos
0.09 g
28.1
3.4
muito bom
magnÉsio
58.24 mg
14.6
1.7
bom

Benefícios para a Saúde

● Doenças Digestivas
● Efeito Laxante
● Regulador do Tráfego Intestinal
● Aumento das Necessidades Nutritivas
● Prevenção de Arteriosclerose
● Obesidade
● Prevenção de Reumatismos
● Prevenção de Cancros"
fonte: http://www.alimentacaosaudavel.org/trigo.html

2 comentários:

Vera disse...

É bom ter essas dicas nutricionais, apesar de o meu Tiago ainda estar nas primeiras sopinhas já vou fazendo algumas experiências se faço bem ou não, não sei o que interessa é ele gostar, como por exemplo troco a batata por chuchu, ou batata por courgette, ele não é grande fã de batata por isso há que improvisar.
Uma boa semana,
Vera

Mamã do Príncipe Pipoca disse...

Obrigada pela informação! Muito útil!
Bjs