22 março 2013

O nosso 1º aniversário





Ainda te sinto, pequenina, aninhada no meu peito, acabadas de nos conhecermos.



E guardo em mim todos esses momentos… o saber que irias chegar… o tu e eu, só nós… o crescer da barriga, os pontapés… enjoos e mais enjoos… a 1ª, 2ª, 3ª, todas as vezes que te fui “espreitar”, ver-te, imaginar-te.



Guardo em mim, essa espera e a certeza do exacto momento que soube que te iria finalmente conhecer… estavas a chegar… o medo, a emoção, a felicidade que senti.



Hoje, passam 12 meses desde o dia em que entraste nas nossas vidas e a verdade desse Amor é avassaladora… faz doer a Alma, sufoca o Coração… e é bom, BOM, e jamais poderei viver sem ele.



Estás a crescer, vais voar, conquistar o mundo e nesse teu caminhar faço a minha preparação, tenho que saber deixar-te ir, deixar-te ganhar asas, deixar-te SER.



Cedo-te sabendo-te minha, Voa sabendo-me sempre tua.



Parabéns filha, meu Amor, minha flôr.

video


08 março 2013

Talvez o regresso

O tempo passou e assim de repente 3 meses desde a última vez.

O tempo... o meu tempo, ainda anda meio desorganizado, pelo menos é o que sinto.

Na minha cabeça preparo o regresso e quem sabe este cantinho não volte a ser o que era.

Até lá fica aqui um bocadinho de nós, destes nossos longos 3 meses desde a última vez.


Beatriz nos seus plenos 4 anos e Margarida com 11 meses (já anda ;) )


08 dezembro 2012

4

Isto por aqui está mau... muito mau mas felizmente é só em relação ao tempo que é quase zero para estes interténs mas como é óbvio não poderia deixar de vir aqui (mesmo passados 8 dias) assinalar este dia.

Parabéns minha Fadinha!


14 novembro 2012

A Viver destes...



Sorrisos

 
                                                                                                              quase 4 anos
 

e Olhares


                                                                                                            quase 8 meses


24 setembro 2012

Do meu grande amor maior... a Fadinha!

Ultimamente, sempre que cá venho fico com a sensação que não tenho dado a devida atenção à minha fadinha, ficando com uma sensação de nó no estômago que me incomoda.

Hoje é dia de dedicar exclusivamente um post a ela!

A fadinha está enorme, peso e altura de uma menina de 4 ou até mesmo 5 anos (ninguém acredita que tem 3).


Continua muito faladora e sociável, simpática e cativante.

Ao mesmo tempo que é muito carinhosa e dengosa também tem um feitiozinho que vai lá vai, ela responde, "exalta-se", "puxa a corda" até não poder mais e leva-nos muiiito ao limite. Nós lá vamos levando, tentando que seja da melhor maneira (que nem sempre é :( ) e esperando que esta fase terríííível passe.


Este ano estavámos com esperança que entra-se para o JI mas foi missão impossível, SÓ ficaram 50 miúdos à frente dela, isto estamos a falar na maior freguesia do país onde SÓ há 3 JI :/ . Fica para o próximo ano, neste continua na avó (que ficou toda contente) mas para complementar inscrevêmo-la em algumas actividades, para já começou com a natação que era um ponto fraco dela, tem medo de água (piscinas, mar) e eu queria mesmo combater esse medo, começou a semana passada e para grande surpresa nossa correu maravilhosamente, até a cabeça debaixo de água ela pôs!! Nos balneários também é a "loucura" (palavras dela) quer tomar banho sózinha, esfregar a cabeça com o shampoo, pôr gel no corpo e lavar-se muito bem com o chuveiro... está a ficar realmente uma crescida. 

Mas do que ela gosta mesmo é de ter uma professora... a Professora Marta... até se vê o peitinho a inchar quando fala dela (saiu à mamã, eu também era assim ;) )

Anda uma cantadeira de primeira (o dia inteiro a cantar) e agora descobriu as maravilhas das palavras e passa o tempo inteiro a perguntar-me como se lê esta e aquela palavra. Também já anda a treinar fazer as contas (deram-lhe um jogo) e por vezes ficamos boquiabertos com o que ela consegue fazer sózinha (depois de uma explicação, claro).

Já consegue vestir e despir, orgulhosamente, as camisolas sózinha e adora ajudar-me na cozinha (já a vou deixando lavar uns "tuperwares").

Com a mana a relação é de amor/quero-te fazer umas malandrices, e neste campo tem-nos dado muito que fazer, adora-a muito, vê-se, mas também adora muito apertá-la e fazer dela uma boneca de borracha.

 

 

Muito resumidamente é isto que tenho a contar sobre a minha fadinha e nem acredito que já passaram quase 4 anos.

Eles crescem MESMO muito depressa e o meu coração lá se vai contorcendo sempre que sinto isso.


23 setembro 2012

6 meses

E os 6 meses chegaram e com eles estão sensação que o tempo voa e o desejo de ter super poderes para o fazer parar!

Com cara de poucos amigos ;)

A fadinha sempre com macacadas, a florzinha sempre a tentar ignorá-la! :D

Já a treinar para gatinhar... malandreca!

Os meus amores!!!