12 julho 2010

Última

Dei-lhe banho agora mesmo e uma das partes críticas é tirá-la da banheira - Consegui!
A seguir, a segunda fase crítica é conseguir mantê-la deitada para a limpar. Ela grita, ela apela, ela esperneia, ela tenta levantar-se umas milhentas vezes, e eu, também grito, também esperneio (por dentro), também tento virar costas e sair (só em pensamento), mas geralmente Consigo.
Hoje eu não tava era a contar com esta:
Ela no meio da gritaria durante os seus apelos

Ela - Avó, avó! 
Eu - Está em casa!
Ela - Bejo , bejo!
Eu - A seguir dou-te muitos beijinhos, mas deixa-me vestir-te!
Ela - Mamã, mamã!
Eu - Estou aqui, vá deita-te!
Ela - Papá, papá!
Eu - Está a trabalhar e está quase a chegar!
Ela - Panda,panda, panda!
Eu - Ah!!! Panda?! Eu ouvi Panda?!

3 comentários:

Didi e Pepe disse...

k maximo-as palavras!!
eu pra contem os meus no fraldario, tenho d lhes dar um frasco ou embalagem do creme,um brinkedo,a escova,...kalker coisa pra os manter kietos...

bjk fofos
lia, didi & pepe18m1/2

*Estrelinha Piglet* disse...

Mais um gracinha da tua pequenina!
E o panda é sem duvida uma perdição para a pequenada ;)

bjs

Mamã do Príncipe Pipoca disse...

O meu parece cópia do teu... é uma trabalheira para o conseguir vestir a seguir ao banho!
Panda!! Essa é boa!! Também faz parte da família! eh eh eh